Como fazer uma mãe de bebê descansar – Blogagem Coletiva – Sono

(depois, ou bem mais abaixo, eu me explico)

Se você tem uma amiga que teve bebê nos últimos seis meses – ou mais, ou menos -, quando for à casa dela, não precisa levar presente, só siga essas dicas e você a fará a mulher mais grata do universo:

  • Vá em um horário em que ela esteja sozinha com o bebê – ou de manhã, ou à tarde, de preferência pela manhã, assim que o pai saiu;
  • Peça que ela amamente bastante, troque o bebê, deixe-o lindo e cheiroso;

    Um pequeno embrulhinho no seu colo

  • Mande-a para a cama DORMIR e vire-se com o pequeno embrulhinho. Neste momento, ela dirá “não, imagina” e blá, blá, blá. Não a escute e a OBRIGUE a tirar uma soneca.
  • Tente afastar o pequeno chorão para que a mãe não acorde, peça uma marmita para as duas e deixe-a dormir por, pelo menos, uma hora.
    • Para você que não é mãe ainda, se o bebê chorar neste tempo, não é fome – lembra que ele mamou? Essa mamada dura, pelo menos, duas horas…
  • Pronto! A amiga acordou? Coloque-a debaixo do chuveiro e mande-a escovar os dentes. Não fale que ela precisa se cuidar apesar do bebê, não cobre por unhas feitas e roupas decentes. Todas nós sabemos que isso é importante, mas esta não é a hora. Tudo o que ela precisa escutar é que ela emagreceu desde o parto, que o bebê dela é lindo e que ninguém mais faz sexo no mundo – é a nova moda…

e uma mãe descansando feliz!

Por que não tentar isso à noite?, você se pergunta. Aliás, todos se perguntam ao ver a mãezinha no FB ou no twitter de madrugada: que raios essa mulher tá acordada quando devia aproveitar para descansar? Vou explicar. Durante o dia, ela fica em função do bebê. Mesmo que faça algumas coisas para si, é em um intervalo muito pequeno, pois logo a criança precisará mamar, trocar, dormir, ter colo, atenção e etc. À noite, quando o pai chega, tudo o que a gente quer é esvaziar a mente e fazer qualquer coisa… Facebook, twitter, fazendinha, costurar… porque aí, se precisar, o maridão fica com o baby… À noite, as mães podem ser (o que restou) elas mesmas!

Juro por Deus que este é o melhor presente que uma amiga pode oferecer a uma mãe de bebê. Se você lavar a louça para ela antes de ir embora, ganha até coraçãozinho extra.

-*-

Agora me explico.

Ontem rolou uma festa no Twitter promovida pela Rede Mulher e Mãe. O tema de encontro de tantas mães era sono – dos bebês e das mamães. Se você quer saber tudo o que foi dito, digite a hashtag  #festanotwitter. No final, rolou a proposta para uma blogagem coletiva sobre o assunto para hoje.

Depois de pensar muito, cheguei a algumas conclusões:

– cada bebê é de um jeito – com uns, rotina funciona; com outros, não.

– cada casa tem o seu modo de lidar com isso;

– não tem receita, somente várias tentativas até a achar o ponto…

Ainda assim, todas as mãe, nessa época da vida, vivem cansadas. Por isso, resolvi escrever sobre algo que poderia ser feito para elas e não somente para os bebês (apesar de eles serem uns lindos e, quando eles dormem bem, a gente é mais feliz).

Por isso, queridas amigas de mães com bebês, #ficadica.

12 pensamentos sobre “Como fazer uma mãe de bebê descansar – Blogagem Coletiva – Sono

  1. Sofiaaa
    Amei esse texto!!!
    Nossa, como fui boba, pra não dizer outra coisa, quando me ofereciam ajuda com a minha BB…sabe aquele tipo de mãe que acha que só ela consegue dar conta do “embrulhinho”?? Eu fui assim!!!
    Pena que não dá pra voltar o tempo…
    Todas as dicas são super importantes, mas a melhor e a mais importante de todas e a que me fez dar boas risadas: “e que ninguém mais faz sexo no mundo, é a nova moda…” melhor não comentar!!!! kkkk

    =)

    Beijão.

  2. Pingback: Como fazer uma mãe de bebê descansar – Blogagem Coletiva … : Link Mundial

  3. Amiga, eu não li todos os comentários, mas vou deixar o meu mesmo assim…
    Eu tive uma amiga que fez isso por mim, lógico que não foi examente como está na sua receitinha, não devemos levar ao pé da letra. Depois disso ela se tornou a minha melhor amiga. Ela me dizia, que por ser australiana e ter vivido muitas dificuldades sendo mãe na Alemanha, quando me olhava sentia o seu passado batendo em suas costas. Ela resolveu ouví-lo. _ Tati vc sou eu! Ela me disse por muitas vezes depois que atravessamos a fronteira da linguagem. Mas, na verdade o que ela estava fazendo por mim era apenas, cobrir o buraco, que o tempo não cobriu. Se alguém a ajudou eu não sei, sempre existe alguém que ajuda. Porém, ela não se esqueceu, o quanto esse momento é importante. Como mulher, é grata pelas oportunidades de aprender que a vida lhe ofereceu. Pode me ajudar com atitudes muito simples, como estas de lavar uma louça, levar o Dominic pra tomar sorvete, enquanto eu tomava um banho, entre outras.
    À você vai os meus parabéns por decifrar em palavras o que muitos de nós não perceberíamos apenas vivendo. Espero que muita, mas muita gente mesmo, possa ter a oportunidade de ler seus textos, imaginar as suas histórias, de sentir o mesmo que nós sentimos nesta vida.
    um bjux grande no coração,
    fique tranquila tudo dará certo!

Só é um Buteco se tiver conversa! Vem, deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s