O que a gente só entende quando passa a ser dona-de-casa

Sentada sobre o campo de vitória (a casa limpa), a gente descobre certas coisas (verdades) sobre ser dona-de-casa que escutamos durante tanto tempo e que não pareciam tão verdadeiras:

  • O tempo nunca está bom o suficiente: se fica seco, a poeira deixa sua casa suja demais; se chove, a roupa não seca direito. Qual seria, então, o clima perfeito?
  • Quando você termina de limpar a casa, precisa começar a fazer o almoço. Quando termina o almoço, precisa arrumar a cozinha. Quando termina uma tarefa, tem sempre outra para fazer. Tem fim?
  • Você só repara nos verdadeiros defeitos da sua ajudante semanal quando começa a cuidar da sua casa. Aí, você encherga aqueles lugares que a vassoura não alcança nunca, aquelas coisas que você deixa para ela limpar, mas continuam sujas e outros problemas do tipo.
  • Você percebe que se quiser a casa todos os dias muito limpa só há duas soluções: voltar no tempo e ser solteira sem filhos/sem marido; ou enriquecer um pouco e contratar uma mensalista perfeita. Conclusão: a casa continuará bagunçada em alguns períodos.
  • Brinquedos parecem multiplicar-se, assim como as meias do marido e os prendedores do seu cabelo.
  • Fritura é algo que se come em restaurante. Não pela dieta, mas pelo poder de engordurar TODA a casa.

Acho que tem mais um monte de coisa, por favor, deixem comentários…

É gostoso ver a casa limpa e arrumada, mas, convenhamos, a gente passa a saber o valor que tem uma boa limpeza arrumação, não é mesmo?

7 pensamentos sobre “O que a gente só entende quando passa a ser dona-de-casa

  1. Amiga de buteco, aproveitando uns minutos de lucidez,passei aqui para te dizer que você esta coberta até as tampas de razão – Só quem cuida de uma casa é quem sabe a verdade sobre as dores e as delicias que é tentar manter uma casa arrumada para se chamada de lar.

    Quando morava no mato era assim; se não chove tem poeira e quando chove tem o barro;
    Então, mesmo morando no mato, para sobreviver a esses períodos de pó ou lama, construii uma pequena lavanderia coberta, com maquina de secar. Roupa em varais só em lindos dias ensolarados.

    Nos dias de hoje quem não fizer “vista grossa” aos ajudantes, não vão ter empregados nem pagando bem.
    Empregados domésticos mensalistas ou não, hoje não fazem mais todo o serviço de uma casa; lavar, passar, organizar, guardar, cuidar das crianças, cozinhar e servir… Acabou. Eu tenho certeza.

    Ou você cria métodos para a divisão de tarefas (mesmo tendo algum tipo de ajuda contratada) envolvendo todos os moradores da casa, ou vira escrava – Sem direito a pagamentos, férias, 13º etc. e nem consideração a altura. Tudo verdade. A maioria dos que nunca realizaram tarefas domésticas, só reparam na casa (se esta limpa ou suja) quando não encontram; roupas lavadas e passadas nas devidas gavetas; se não encontram toalhas limpas para se enxugarem, se não tiver comida prontissíma a mesa etc. etc. etc.
    Se na sua casa ha crianças meu conselho é relaxe.
    As crianças crescem e aprendem muito rápido, é só ensinar. Se forem cobrados desde cedo a juntar os brinquedos antes de dormir, por exemplo, não demora e cada um começa a cuidar do seu cantinho. Mas aviso; ensinar dá trabalho e cansa demais também

    A cozinha é a pior parte, mas é possível sair da rotina uma ou duas vezes na semana – Não é preciso ter almoço e jantar tradicional em todas as refeições;
    Dá para inventar saladas com grelhados e coisas preparadas no forno; Trazer uma torta gostosa de vez em quando é uma delicia. Dá para inventar comidinhas com as sobras…Fazer um lanche reforçado no final da tarde e depois comer uma fruta antes de deitar, um chá, uma torrada…

    Amiga não dá para manter tudo perfeito todos os dias. Estar todos juntos é mais importante que qualquer outra coisa.
    Relaxe e viva esse momento – Com bagunça ou sem bagunça!!
    Beijos no coração
    yvone

  2. Recebi seu post por email, foi uma amiga que lembrou de mim. Sou uma dona de casa, e sempre tenho serviço por fazer, e quem não os tem??? Por isso gostei muito do post e vim conhecer a origem.
    Minha contribuição: ” Filhos parecem máqs. de espalhar objetos, e mães se não cuidar…….ficam atrás recolhendo tudo.”
    Antídoto: Seja a “chata”(segundo as crs. ), e peça para eles recolherem, desde pequenos.

  3. Adotei a teoria dos monges aqui em casa.
    Sujou, limpou;
    usou, guardou;
    abriu, fechou e por aí vai…..
    Bia tem 13 anos e Be tem 10, eles arrumam o próprio quarto, e fazem uma tarefa para a família. Assim consigo ficar sem diarista direto em minha casa, qdo tudo foge ao meu controle, chamo a diarista.

Só é um Buteco se tiver conversa! Vem, deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s